Veja 5 dicas para ter uma boa relação com seu vizinho

Veja 5 dicas para ter uma boa relação com seu vizinho

Os seres humanos se diferem uns dos outros por uma série de hábitos e comportamentos. É a essência, não tem como mudar. Mas ao mesmo tempo em que há diversidade, é preciso exister respeito aos limites do outro. E isso pode ser observado e aprendido com o vizinho, onde podemos exercitar relações de confiança e responsabilidade.

Temos horários de trabalho e lazer que também podem ser peculiares. Algumas pessoas têm cachorros em suas casas ou apartamentos, outras têm gatos, têm aquelas que criam papagaios e assim por diante. Todas essas coisas podem interferir de algum modo na vida de quem mora ao seu lado.

Veja 5 dicas para ter uma boa relação com seu vizinho

Um relacionamento amigável com quem mora ao lado tem a educação como base. Foto: iStock, Getty Images

Segundo o psicólogo Eduardo Wunsch, para viver em espaços compartilhados e evitar constrangimentos, é preciso respeitar as regras que regem esses ambientes. Além disso, é preciso ter em mente os direitos e deveres que temos em relação às pessoas que vivem ao nosso redor.

Seja educado com seu vizinho

Não é só a obediência às normas que torna o convívio harmonioso. A boa educação, a conversa, a tolerância, a simpatia e a gentileza são atributos humanos que também podem tornar agradáveis as relações das pessoas que vivem próximas.

Diante disso tudo, podem surgir dúvidas sobre quando e como podemos nos aproximar do vizinho. De acordo com o psicólogo, não é regra, mas na correria diária, a atenção das pessoas está mais voltada para os seus afazeres. E com isso, elas acabam restringindo suas convivências a um grupo de pessoas que estão em contato mais direto, como família e trabalho.

Às vezes, não nos damos conta da importância da boa vizinhança, e isso passa despercebido até que alguém venha até nós para tratar de algum assunto relativo ao condomínio, ao bairro ou à rua em que moramos.

Conforme Eduardo, se a pessoa sentir necessidade de desenvolver e manter uma boa relação com o vizinho, é preciso se esforçar para que isso aconteça. Pode ser trocando algumas palavras de vez em quando ou começando apenas com um sorriso amigável.

Cada pessoa tem a sua maneira de se relacionar. Assim, devemos ficar atentos sobre a nossa postura em relação ao espaço que ocupamos na vida de quem mora perto da gente.

É preciso ter em mente o quanto é importante poder contar com essas pessoas e, quem sabe, ter a certeza de ter encontrado amigos. Em lugares onde as pessoas se conhecem e se relacionam de forma amigável, a sensação de segurança é maior do que em outros lugares onde isso não acontece.

Ter um vizinho com o qual se pode contar aumenta a chance de um poder ajudar o outro no sentido de proteção física e material. Além disso, formar uma aliança para tratar de alguma causa referente às necessidades do condomínio ou do bairro fica mais fácil

Como ser um bom vizinho

Para ter uma boa relação com o seu vizinho, algumas atitudes são importantes. Confira:

1. Educação

Seja educado, não esqueça das “palavras mágicas”: por favor, obrigada, bom dia, com licença.

2. Regras

Respeite regras referentes a horários de barulho, espaço e tempo.

3. Problemas

Mostre-se interessado em ajudar quando perceber algum problema no qual você pode interferir positivamente.

4. Ajuda

Permita-se ser ajudado quando as pessoas mostrarem interesse em solucionar problemas.

5. Amizade

Reforce vínculos e identifique possíveis amizades com quem mora ao seu lado.

Fonte: Doutíssima