vila olimpica recreio

Recreio dos Bandeirantes pode ganhar a primeira vila olímpica

Proposta para alterar o status do Centro Esportivo Waldir Pereira aguarda parecer da prefeitura

vila olimpica recreio

Fechado: centro esportivo não tem atividades desde 15 de dezembro – Analice Paron / Agência O Globo

Durante a transição da administração municipal, a equipe do prefeito Marcelo Crivella recebeu do vereador Carlo Caiado (DEM) uma carta aberta com a proposta de transformar o Centro Esportivo Waldir Pereira, no Recreio, em uma Vila Olímpica. O espaço está fechado desde o dia 15 de dezembro, devido à suspensão do contrato com a organização social que a administrava. Treze das 22 vilas olímpicas da cidade vivem situação semelhante.

A medida beneficiaria, de imediato, as cerca de 1.400 pessoas que participavam de atividades físicas no local até que ele fechasse. E essa seria a única vila olímpica de Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes. De acordo com Caiado, a medida geraria investimentos como a reforma dos espaços do equipamento e maior autonomia administrativa e orçamentária.

— A vila olímpica tem orçamento próprio, o que permite ao gestor resolver os problemas e tomar decisões com maior agilidade. Até agora, qualquer problema tinha que ser avaliado pela Secretaria municipal de Esporte e Lazer, em um processo muito mais lento. Eu já encaminhei uma proposta, um projeto base. Se a prefeitura quiser realmente fazer isso, é só o prefeito assinar a proposta que ela já vai para a Câmara dos Vereadores — afirma.

Atualmente, o centro esportivo conta com salas de lutas, onde eram ministradas aulas de judô e jiu-jítsu; uma quadra poliesportiva; e três campos de grama sintética.

A Secretaria municipal de Educação, Esportes e Lazer informou que seu titular, César Benjamin, no cargo há uma semana, avaliará a proposta e reunirá a equipe para analisar a situação das vilas olímpicas.

Fonte: O Globo