Moradores reclamam da execução de obras de iluminação pública no Recreio

Projeto na Avenida Alfredo Balthazar da Silveira era pedido antigo

Moradores reclamam da execução de obras de iluminação pública no Recreio

Buraco na calçada da avenida – Hermes de Paula | Foto retirada do site do jornal O Globo

 

O reforço da iluminação pública na Avenida Alfredo Balthazar da Silveira era um pedido antigo de moradores do Recreio. Em março, após muitas promessas, a Rioluz anunciou as obras do novo sistema de iluminação da via. A medida foi celebrada por aqueles que reclamavam do breu no local, mas pedestres têm se queixado da execução do projeto.

Como é natural num trabalho dessa natureza, a via está repleta de buracos em canteiros e calçadas. A falta de sinalização e de isolamento em muitos pontos vira um problema, principalmente à noite, e pode acarretar acidentes envolvendo tanto pedestres como motoristas. São poucos os trechos em obras onde há fitas laranjas impedindo a passagem.

Outra reclamação é que a terra escavada parece ter sido utilizada como material de compactação do piso do canteiro central, substituindo o gramado.

— Estão destruindo o canteiro. Depois de escavar, cobrem a tubulação com terra, que fica misturada com pedregulhos, árvores mortas e outros materiais. O piso está totalmente irregular. Está perigoso caminhar por ali — reclama Daniel Bertolossi, morador da região.

Procurada, a Rioluz reconheceu falhas na execução do projeto e respondeu que “já havia cobrado providências quanto às desconformidades apresentadas na obra” da empresa que está fazendo o serviço. A companhia disse que aplicou sanções à contratada e tomou medidas para melhorar a retirada do entulho, a compactação do piso, a sinalização das escavações e a limpeza dos canteiros.

 

Fonte: O Globo