Foto Custódio Coimbra-Agência O Globo

As cinco multas de trânsito mais aplicadas no Rio

Foto Custódio Coimbra-Agência O Globo

Foto: Custódio Coimbra / Agência O Globo

1.Excesso de velocidade

O excesso de velocidade é a principal imprudência de cariocas no trânsito. No ranking de multas de 2016, essa infração representa quase a metade, 44% do total. Quem pisa fundo no acelerador perde cinco pontos na carteira, além de ter que pagar R$ 195,23 pela infração;

2. Estacionamento irregular

O estacionamento irregular, outro mal nas ruas da cidade, responde por 17% das transgressões. Foram 570.474 casos em 2016. A infração é grave e soma cinco pontos. A multa é de R$ 195,23;

3. Avanço de sinal

Além de colocar em risco a vida de pedestres, avançar o sinal vermelho pode causar uma batida com outro veículo. A infração representa 9,5% no ranking de multas do último ano, de acordo com a CET-Rio. A infração é gravíssima e soma sete pontos na carteira. A multa é de R$ 293,47;

4. Multa de pessoa jurídica

Responde por 9% dos casos, com mais de 294 mil infrações. Ela ocorre quando o veículo de pessoa jurídica é multado, mas a empresa não indica quem foi o condutor que cometeu a infração. O valor da nova infração é o mesmo da multa inicial. Dessa forma, terá que ser pago de forma duplicada o valor da multa;

5. Transitar na faixa ou via exclusiva

É a quinta infração mais registrada no Rio, com 5,3% do total, cerca de 172 mil casos. Com a inauguração dos BRTs a partir de 2012, esse tipo de infração vem aumentando no Rio. A multa para quem invadir a seletiva é de R$ 293,47. A infração é gravíssima, com perda de 7 pontos.

 

Fonte: Jornal O Globo