Prefeitura inicia construção de Clínica da Família do Recreio

A Prefeitura do Rio iniciou, nesta quarta-feira (11/11), a construção da Clínica da Família do Recreio, na Zona Oeste, que beneficiará 24 mil moradores da região. Com oito equipes de saúde da família e três de saúde bucal, a nova unidade terá, além dos consultórios, salas de ultrassonografia, raio-x, observação clínica, procedimentos, curativos, coleta, reunião, saúde bucal, auditório, farmácia, almoxarifado e academia carioca.

– Essa iniciativa atende a um pedido que os moradores do Recreio vinham fazendo há algum tempo. O bairro vem crescendo rapidamente e as necessidades também. A Prefeitura, sensível às mudanças na cidade, se mostra presente mais uma vez, levando os equipamentos e serviços a quem precisa deles – afirmou o subprefeito Alex Costa.

No local, os pacientes terão atendimento clínico, tratamento para diabetes, hipertensão, pré-natal, exames laboratoriais, cuidados com a saúde da criança, vacinação, entre outros serviços de saúde. Eles também poderão retirar gratuitamente medicamentos e insumos de uma grade de 208 itens da Atenção Primária.

– Ano passado, tivemos meio milhão de pessoas saindo da rede privada de saúde e indo para a pública. A Clínica da Família não diferencia as pessoas. Ela atende a todos independente de sua classe de renda ou posição geográfica. Não há cidade no mundo que se desenvolva se não tiver uma saúde pública de qualidade. A previsão é que, em dezembro de 2016, de cada 10 cariocas, sete serão atendidos pelas Clínicas da Família – pontuou o secretário executivo de Coordenação de Governo, Pedro Paulo.

A Área de Planejamento 4.0 (Região da Barra e Jacarepaguá) conta hoje com 26 unidades, sendo três Clínicas da Família, 11 centros municipais de saúde, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), uma policlínica, três hospitais, três centros de atenção psicossocial, uma Coordenação de Emergência Regional, duas unidades psiquiátricas e um hospital maternidade. A cobertura de saúde da família da AP 4.0 é atualmente de 15,4%.

Moradora da comunidade Terreirão, no Recreio, há 15 anos, a babá Luiza Silva, de 54 anos, está esperançosa com a construção desta unidade de saúde próximo à casa dela:

– Tenho diabetes e colesterol alto e preciso de acompanhamento médico frequentemente. Com essa clínica, vou poder ser tratada do lado de casa e terei a garantia de um tratamento de qualidade. Sem dúvida é uma grande obra para a comunidade.

As clínicas da família fazem parte de um projeto pioneiro e inovador que permitiu a revolução histórica no setor de saúde da cidade. O Rio já conta com 77 Clínicas da Família inauguradas desde 2009. A meta da Prefeitura é alcançar uma cobertura de 70% da população pela Estratégia de Saúde da Família até o fim de 2016.

Em 2008, o Rio era a capital brasileira com pior cobertura de saúde, com apenas 3,5% dos cariocas atendidos pela estratégia. Atualmente, já são 48,1% de cobertura da população, o que representa mais de 3 milhões de pessoas beneficiadas.

A nova clínica da família ficará na Avenida das Américas, na altura da 18ª Gerência de Conservação e será construída pela Empresa Municipal de Urbanização (RioUrbe). Os recursos para a construção desta unidade de saúde foram doados pela Câmara Municipal devido à economia orçamentária realizada pelos vereadores.

Fonte: Jornal da Barra

Por que a nova guarita ainda não está funcionando?

 A Associação Nova Barra Bonita fez um investimento na construção de uma nova guarita para a melhoria da segurança em um ponto central de Barra Bonita, que teve algumas ocorrências de assalto. Após a instalação da guarita o porteiro tem ficado parte do tempo pois a guarita ainda não está com energia elétrica e nem com água. Os pedidos já foram protocolados na Light no dia 11/08 e na CEDAE no dia 03/07. Já se passaram meses e as concessionárias até o momento não tem previsão de ligação da energia e da água. Assim que for possível a guarita estará plenamente em uso.

Batalhao ganha 35 policiais e a região, Clínica da Família – Forum CCS

Hoje foi realizado mais um encontro do CCS – 31 Conselho Comunitário de Segurança, reunião importante que ocorre mensalmente num espaço público da região entre Barra e Recreio onde vários órgãos do poder público prestam contas do que é feito na região. Com um quorum muito aquém do que se devia, já que muitos assuntos importantes são debatidos e encaminhados às autoridades competentes, assuntos de extremo interesse da população são debatidos e esmiuçados ali. Os debates às vezes são acalorados e até denúncias são feitas  na frente de todos , como um de uma moradora da Ilha Primeira, na Barra, da Sra Marilene,  que anunciou no microfone estar sofrendo ameaças de possíveis milicianos que  supostamente estariam arrendando o estacionamento  localizado ao lado da casa de eventos, La Isla, que funciona aonde era o Ilha dos Pescadores. Ela alega a interferências desas pessoas no impedimento do ir e vir dos moradores , impedindo de utilizar as embarcações que levam as suas casas e cobrarem valores abusivos no estacionamento que chegam a  R$ 300 por mês. O delegado da 16 DP estupefato interveio e a convidou para se dirigir a sua delegacia após o almoço para apurar os fatos e seguir com as investigações.

O JORNAL DO RECREIO esteve na reunião e ouviu as as autoridades falarem uma  a uma sobre o mês de Outubro. Ali, o Comandante do 31 BPM  o tenente-coronel Sergio Schalioni informou que acaba de receber mais 35 praças  que foram incorporados ao batalhão da região do Recreio, perfazendo no seu total contingente, agora, 568 policias. Ali, o representante da 4 • Inspetoria da Guarda Municipal , responsável por nossa região informa que tem atendido  em até meia hora 86 % das ocorrências pelo 1746 (730 chamadas no total), em sua maioria, por barulho excessivo e estacionamento irregular, além de 703 produtos alimentícios recolhidos de ambulantes  que são encaminhados para instituições de caridade  e apoio a 21 operações  em geral, contando até com eventos de recolhimento de população de rua  e eventos em geral , como n HSBC.

Ali,  ouvimos explicações do comendante do 31 , Sergio Schialoni, de como o policiamento ostensivo vem sendo realizado, assim como o representante da 42 DP, Sr Camilo, vem fazendo investigações na região do Barra Bonita que vem sofrendo com assaltos e violência relacionada ao tráfico e pequenos furtos. Até os dois casos de assalto com vítimas, um na altura da Balthazar da Silveira e outro , envolvendo o ex-marido da dançarina, Aline Riscado,em ambas as situações  as prisões foram realizadas com sucesso. Tudo isso, ali na Igreja Batista do Recreio para cerca de 25 presentes a´penas. O Jornal do Recreio disponibiliza aqui  o site aonde o morador pode participar das próximas  reuniões, geralmente na segunda segunda -feira de de cada mês num espaço público cedido. http://31ccs.blogspot.com.br/p/atas.html

Para se ter a ideia, ouvimos que a a região vai ganhar duas clínicas da família, uma na Barra, ao lado da ETNA, administrada e gerida pela Unigranrio e outra no terreno ao lado da 42 DP.

Completaram a  reunião – na mesa – O Sr Balzana , representante da Sub Prefeitura da Barra ,  William Nogueira, Presidente da Associação de Nova Barra Bonita e da Câmara Comunitária do Recreio, Vargens e Adjacências. Cleo Pagliosa – Presidente do 31º Conselho Comunitário de Segurança; Sr. Inspetor Idney da Guarda Municipal,  Sr. Marcos Balesteri, Administrador Regional da Barra da Tijuca, Marcus Vinício, delegado titular da 16ª DP.

Forum CCS

Fonte: Jornal do Recreio

Canal das Taxas terá estudos para sua despoluição

Secretário do Ambiente faz promessa para preparar obra no curso d’água

Antigas reivindicações de moradores do Recreio dos Bandeirantes, a limpeza e o desassoreamento do Canal das Taxas deverão sair do papel em breve. Na semana passada, durante uma audiência pública para apresentação do Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA-Rima) sobre as obras de dragagem das lagoas da Barra e de Jacarepaguá, o secretário estadual de Ambiente, André Corrêa, afirmou que a pasta faria um projeto específico para o curso d’água. Depois da reunião, o fundador do Movimento Pela Despoluição do Canal das Taxas, Antônio Melo, confirmou que o secretário iniciou contatos com o grupo para a viabilização dos estudos.

— Há tempos éramos cobrados para que a situação do Canal das Taxas fosse incluída no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que firmamos com o Ministério Público do Rio de Janeiro — afirmou André Corrêa no último dia 26, ao final da audiência pública na Câmara Comunitária da Barra, referindo-se à reivindicação da comunidade de que o canal fosse incluído no pacote de despoluição do complexo lagunar da região. — Infelizmente, isso não era possível, porque atrasaria ainda mais as obras de dragagem. Mas eu asseguro que faremos um projeto paralelo para a limpeza do canal.

Antônio Melo, que ao longo deste ano se reuniu com o secretário em três ocasiões para tratar do problema do Canal das Taxas, explica que, uma semana antes da audiência, a garantia de que haveria um projeto apenas para o curso d’água já lhe fora dada.

— Ele nos prometeu iniciar estudos, mas pediu para não divulgarmos. Agora, como foi anunciado na audiência, pudemos dar a notícia na nossa página do Facebook — celebra Melo, que diz já ter recebido contato de um engenheiro indicado por Corrêa. — O secretário disse para ele vai conversar comigo e colher as informações iniciais.

Ano passado, O GLOBO-Barra noticiou a intenção da Secretaria do Ambiente, cujo titular era Carlos Portinho, de incluir o Canal das Taxas no projeto de dragagem das lagoas, o que foi descartado agora. Para Melo, é urgente uma intervenção no local, que deságua na Lagoa de Marapendi e é habitado por dezenas de jacarés-de-papo-amarelo.

— O essencial é parar o despejo de esgoto no local. Apesar de isso ser difícil, temos o trabalho de vistoria da força-tarefa (que reúne representantes de Cedae, Fundação Rio-Águas, Movimento pela Despoluição do Canal das Taxas, Secretaria municipal de Meio Ambiente e Seconserva, além do administrador regional do Recreio, Marcus Balestieri, na tentativa de identificar ligações clandestinas de esgoto) — lembra Melo. — Eu não sou técnico, mas já conversei com biólogos. É preciso fazer a batimetria, para saber a profunidade, antes de começar a dragagem. Mas ela é inevitável, porque o canal está totalmente assoreado. O replantio da vegetação ciliar também seria interessante.

 

Fonte: O Globo

 

Planejamento semanal – Jardinagem

 

Segunda 09/11

Manhã e Tarde- Corte de grama da praça e varredura.
 

Terça 10/11

Manhã- Término do corte de grama da praça.

Tarde – Varredura da praça.

 

Quarta 11/11

Manhã- Rega no canteiro central e praça.

Tarde – Varredura do canteiro central da Av José Luiz Ferraz.

 

Quinta 12/11 Manhã e Tarde– Início da limpeza nas ilhas da praça.

 

 

Sexta 13/11

Manhã- Rega no canteiro central e praça.

Tarde- Limpeza da terra na ciclovia da praça, varredura das escadas e rampas da praça.

 

(obs: Planejamento pode ser alterado conforme necessidade)

 

Horário dos jardineiros

Entrada: 08h

Almoço: 12h às 13h

Café: 15h ás 15:15h

Saída: 17h

 

31º Conselho Comunitário de Segurança

“Convidamos a todos os interessados no tema “SEGURANÇA” que compareçam a reunião do Conselho Comunitário de Segurança que acontecerá na próxima segunda-feira, dia 09/11, a partir de 8h, na Primeira Igreja Batista do Recreio dos Bandeirantes. A Igreja fica na Rua Helena Manela, 101, ao lado do Time Center. É importante que os moradores conheçam um pouco mais sobre o tema tão importante para todos!”

 

 

Convite - 31º Conselho Comunitário de Segurança